Ovo: saiba mais

Desde a antiguidade, um alimento essencial.



O ovo é um dos alimentos mais conhecidos e consumidos pela humanidade, desde a pré-história. Presente em todas as culturas desde os tempos mais remotos, símbolo da vida e da renovação, é uma fonte completa de proteínas, vitaminas e sais minerais. Um alimento rico e nutritivo, de fácil preparo e consumo, que está enraizado na história da alimentação humana. Seu consumo cresceu substancialmente no último século, com o desenvolvimento da produção em larga escala.

A produção de ovos no Brasil apresentou um crescimento médio de 6% nos últimos anos, tendo alcançado a marca histórica de 39,5 bilhões de ovos produzidos em 2015. Neste mesmo ano o consumo anual de ovos no país cresceu 5% e atingiu 191,7 unidades per capita, conforme levantamento realizado pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).

Fonte: http://abpa-br.com.br/noticia/producao-de-ovos-do-brasil-cresce-61-e-chega-a-395-bilhoes-de-unidades-1550

Mitos e verdades

  • 1 - Comer ovo todo dia aumenta o colesterol no sangue. MITO!

    O ovo já foi o grande vilão da alimentação humana, especialmente nas décadas de 1980 e 1990, quando esteve muito relacionado a doenças cardíacas.

    Mas recentes estudos o reabilitaram como um alimento saudável e fonte de muitas substâncias importantes para o bem-estar de adultos e crianças.

  • 2 - Há riscos em comer ovo cru. VERDADE!

    A forma correta de consumir ovos é aquecendo a temperatura mínima de 60º Celsius, garantindo assim que não haverá riscos de contaminação por bactérias. Por isso, não é recomendado o consumo de ovos crus.

  • 3 - Preciso lavar os ovos antes de guardar na geladeira. MITO!

    Não é correto lavar os ovos antes de guardar na geladeira, pois ele passa por diversos sistemas de higienização. Se for molhada, a casca pode se tornar mais porosa e, portanto, suscetível à contaminação por agentes externos.

    O correto é lavar o alimento apenas antes do consumo.

  • 4 - É errado guardar os ovos na porta de geladeira. VERDADE!

    A porta da geladeira é o lugar do equipamento que mais sofre oscilações de temperatura e tal condição favorece a contaminação dos alimentos por bactérias.

    O melhor local para acondicionar os ovos na geladeira é na prateleira superior interna. Se seu equipamento não possui um compartimento específico para guardar os ovos, utilize a própria embalagem do produto.

  • 5 - Ovo de granja contém adição de hormônios. MITO!

    A inclusão de hormônios no desenvolvimento de aves é um dos maiores mitos desse segmento. Os hormônios que poderiam fazer alguma diferença no desenvolvimento das galinhas têm comportamento similar à insulina para o corpo humano, ou seja, precisariam ser injetados diariamente ave por ave. Imagine a viabilidade de fazer isso nos mais de 6 bilhões de pintinhos criados anualmente. O aumento da qualidade dos ovos produzidos por granjas confiáveis se justifica pelo investimento em ciência e tecnologia contemplando a seleção das linhagens de pintinhos, os programas de alimentação e vacinação, os controles ambientais (temperatura e luminosidade) e o correto manuseio do produto.

  • 6 - Comer ovos regularmente ajuda no fortalecimento muscular. VERDADE

    O ovo é um dos melhores alimentos para se consumir, principalmente pela qualidade e quantidade de proteína. Uma unidade possui 10% da necessidade diária de proteína para uma pessoa adulta.

    Além disso, contém todos os aminoácidos que o corpo não é capaz de produzir por conta própria. A proteína do ovo é 100% absorvida pelo organismo e garante melhor resultado de fortalecimento muscular que as de outros alimentos.

  • 7 - O ovo vermelho é melhor que o branco. MITO!

    Os ovos são vermelhos ou brancos apenas pela diferença entre as linhagens das galinhas, não apresentando nenhuma diferença no valor nutricional entre as duas colorações.

    Existem também ovos caipiras de casca branca e ovos de granja de casca vermelha.

Receitas com Ovos Vitagema

1 - Bifum Bentô

Ingredientes

  • 200 g de macarrão do tipo bifum
  • 1,5 l de água fervente
  • 1 colher (sopa) de óleo
  • 300 g de peito de frango cortado em tirinhas
  • Sal a gosto
  • 1 cenoura ralada fina
  • 4 talos de salsão cortados em fatias finas
  • 2 dentes de alho picados
  • 2 ovos Vitagema cozidos
  • 4 ramos de cebolinha verde picados
  • 1/2 colher (chá) de gergelim preto

Modo de Preparo

Em uma tigela, regue o bifum com a água, mexa com um garfo para separar os fios e deixe descansar por dois minutos. Escorra. Passe em água corrente para esfriar.

Valor Nutricional

Interativa Digital